05 SENTIDOS - SENSAÇÕES E CONEXÕES



5 sentidos – sensações que ajudam a nos conectarmos com nossos espaços.


Aromas, sons, imagens, texturas e sabores nos fazem perceber tudo que está a nossa volta e alimentam nosso sexto sentido, aguçando a nossa sensibilidade e intuição. Nada melhor do que saber usar ou mesmo exercitar esses sentidos, na prática do Feng Shui.

Os olhos, o nariz, os ouvidos, a boca e a pele são antenas que captam todas as informações que estão ao nosso redor!


A visão é a primeira a chegar, abrindo o caminho para os outros sentidos. É preciso parar para observar cada detalhe! Através dos olhos temos a percepção de luz, que dá vida a formas, cores – nuances, contrastes e volumes. O observar com calma e sem julgamentos, faz com que possamos perceber onde há possibilidades de equilíbrio dentro dos espaços.


Do olfato, chegam os aromas que podem ser associados a memórias afetivas do coração! Cheiros ou odores são capazes de despertar sensações de alerta: alegria ou relaxamento, de conforto ou incômodo. Experimente fechar os olhos e sentir qual aroma sua casa ou mesmo seu ambiente de trabalho exala! Que cheiro é esse? A minha casa já me disseram que é de canela....rsrsrs

O mundo é repleto de sons! As orelhas em formas de conchas, são sensíveis mecanismos que captam frequências altas ou baixas, desde um trovão a um barulhinho de uma colher a mexer uma xícara de chá. Ao silenciar, conseguimos identificar os sons mais sutis de um espaço! Ao fazer uma limpeza energética, em silêncio, perceba os sons que seu espaço emana! Ao bater palmas em cantos mais estagnados, a energia flui.


A sensibilidade tátil é percebida através da pele, especialmente as mãos que tocam, acariciam e expressam as sensações mais variadas. Tocamos pessoas, objetos, alimentos e animais, sentimos o que nos repelem ou nos remetem a segurança, ao aconchego e a confiança. Importante perceber as texturas que nos atraem ou mesmo que nos afastam de uma maneira bem pessoal.

Ao cozinhar, alimentamos a auto cura! O gosto doce nos remete a lembranças carinhosas. O salgado nos traz ânimo e força, e nos remete a coragem. O amargo nos lembram sentimentos contidos e tristeza. Através da língua, decodificamos sabores e ativamos nosso paladar. Perceba o que mais gosta de preparar em casa, com o que mais se identifica!


O cérebro gosta de novidades, com isso experimente exercitar mesmo fazendo as mesmas coisas só que de forma diferente! Um exemplo é limpar uma gaveta ou mesmo um cômodo, em silêncio, buscando observar com detalhe, cada objeto que toca.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo