CASAS E CRENÇAS


Nesse Brasil imenso, com tradições tão variadas, algo me chama atenção quando em minhas consultas as pessoas perguntam: Onde colocar o meu altar?


Neste mês em que a tradição dos nossos ancestrais, nos convidam a enfeitar os altares e a homenagear Sto. Antônio, São João e São Pedro, te convido a reviver esses momentos, e a procurar, dentro de sua crença um refúgio, espaço ou mesmo um cantinho para simbolizar a sua fé.

Como forma de inspiração, na imagem do post, o meu altar em homenagem a Sto Antônio. Tradição que herdei de minha amada Avó materna, D. Anathildes, para os mais íntimos Tidinha. Em sua festa de 100 anos, me contou que sonhava em morar em Salvador e ser vizinha de porta de minha mãe. Fizemos uma promessa juntas a Stº Antônio, e no ano seguinte, no dia 13 de junho, minha avó chegava para realizar o seu maior sonho! Desde então, nunca deixei de realizar a reza cantada, nos 3 últimos dias de sua trezena.

São muitas histórias para contar, mas outra em especial que não poderia deixar de citar, se refere as diversas exposições que participei na UFBA, com o projeto do Profº. Luíz Mario, com o tema ANTÔNIO – TEMPO, AMOR E TRADIÇÃO, que este ano está em sua 26ª edição. Momentos mágicos, onde a criatividade, a arte, as conversas, sempre se transformaram em grandes aprendizados.

No meu altar este ano, cada símbolo me remete a uma lembrança mágica. O sino que através dos sons vibram energias por todos os cantos, o crochê arte feita pelas mãos de minha Voinha, a imagem que ganhei (segundo a tradição, não se deve comprar), sem esquecer do incenso, das flores e das rezas cantadas, nas últimas 3 noites, ou mesmo como os mais antigos, nas 13 noites! Tudo comemorado através do paladar das comidas típicas. Os símbolos que temos em nossas casas, são a mais pura expressão do que realmente somos, e para onde queremos ir.



A fé em Sto. Antônio, vai além dos casamentos, ele também é considerado o santo da fartura e da prosperidade, colocar um pequeno pão (distribuído as terças ou mesmo no seu dia), dentro do pote de farinha, nunca faltará alimento. Aliás já ouviu dizer que quem arranja casamento bom é São José?! Brincadeiras a parte, o importante é celebrar a fé e valorizar nossas tradições!

VIVA STO ANTONIO! VIVA SÃO JOÃO! VIVA SÃO PEDRO!

VIVA A NOSSA CASA, NOSSO ESPAÇO SAGRADO!


50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo